Buscar
  • Lilian Sguillar

Terapia com ozônio pode ajudar no combate a doenças gastrointestinais

Se você não sofre com algum problema gastrointestinal, certamente conhece alguém que luta contra refluxo, gastrite ou úlcera. Uma das justificativas citadas pelo Conselho Federal de Medicina para os brasileiros sofrerem tanto com doenças gastrointestinais é o aumento do consumo de alimentos industrializados e muito gordurosos.


A ozonioterapia pode ser uma aliada no tratamento de doenças no trato digestivo. Através da insuflação retal, são inseridas pequenas quantidades de ozônio que ajudam a oxigenar as células, melhorando a eficiência metabólica para combater bactérias, diminuindo o estresse oxidativo e a inflamação. São indicadas no mínimo cinco sessões, mas na primeira já é possível notar melhoras. Lembrando que, apesar da descrição assustar um pouco, esse é um método indolor e tem um ótimo custo-benefício.


Uma pesquisa realizada no Centro de Doença Inflamatória Intestinal de Campo Grande, publicada em novembro de 2019, mostrou que o brasileiro demora mais de cinco anos para receber o diagnóstico correto de uma crise crônica ou debilitante no trato digestivo. Procure ajuda médica e, uma vez com o diagnóstico, conte com a ozonioterapia como tratamento auxiliar para ajudar a se livrar das dores e mal estar!

2 visualizações